APIs de marketing e seu impacto no e-commerce

Os APIs (Application Programming Interfaces) estão entre as ferramentas que recebem mais atenção dos gestores de negócios virtuais. Os números falam por si só: em 2016 foram investidos mais de 500 milhões de dólares em APIs de marketing, o que mostra não só a importância de se investir na captação de dados, mas também em sua ordenação e controle.

E é justamente esse o motivo para o qual esses recursos servem. APIs são conectores que permitem que os dados gerados sejam “traduzidos” em painéis de análise, apresentando os indicadores de forma prática e intuitiva.

No post de hoje vamos elucidar mais sobre o conceito, as funcionalidades, o uso e demais pontos relevantes a respeito do tema. Boa leitura!

Por que usar APIs de marketing no e-commerce?

A integração de sistemas é uma das principais funcionalidades — e benefícios — de se utilizar APIs no e-commerce. Ocorre que cada sistema adicionado traz mais recursos, permitindo que os gestores enxerguem de forma mais clara o negócio.

A integração de sistemas é o ponto-chave nesse contexto, pois disponibiliza uma visão completa das operações. Os gestores passam a analisar os clientes de uma forma completa, e não apenas recortes de vários sistemas.

APIs de marketing ajudam o e-commerce a controlar e utilizar os dados gerados e, com eles, entender quais produtos vão atender às necessidades do consumidor. É aí que o negócio consegue fornecer informações e ofertas para o consumidor no momento em que ele está na fase de decisão de compra.

Os APIs são especialmente interessantes para as lojas virtuais que tem ponto físico, pois fornecem as informações necessárias para ser omnichannel.

Por exemplo, os colaboradores têm acesso às informações dos clientes que acessaram o site — ofertas que visitaram, categorias pesquisadas, produtos que colocaram no carrinho —, o que os permite oferecerem a solução que os consumidores precisam, independentemente do canal.

Melhoria no desempenho do e-commerce

APIs são especialmente utilizados para que os gestores possam identificar os pontos que exigem melhorias. De modo geral, podemos levantar os seguintes:

  • redução de custos operacionais do e-commerce;
  • aumento do alcance das ofertas;
  • ambientação para inovações;
  • melhoria da experiência do usuário;
  • aumento das taxas de conversão;
  • aumento da segurança nas transações.

Quais impactos os APIs de marketing geram no e-commerce?

O impacto no e-commerce é acima de tudo positivo, pois cria o ambiente para entender de forma centralizada todos os aspectos relevantes da estratégia.

Além da agilidade e confiabilidade dos dados, é possível fazer o mapeamento das informações a partir de diferentes canais, inclusive as redes sociais e sites de reclamação.

Essas informações, junto com aquelas geradas por sistemas como CRM e ERP geram um banco de dados poderoso formado com experiências realistas.

A análise e cruzamento dos dados gerados por todos os sistemas oferecem a base para que as decisões sejam tomadas com mais assertividade, bem como a criação de uma estratégia eficiente para cada nicho de atuação.

Com os APIs de marketing, o negócio tem uma maior compreensão das necessidades do consumidor. A partir daí, surge a possibilidade de criar uma experiência de compra completa, apresentar ofertas direcionadas e trabalhar o remarketing, por exemplo.

Quais são as melhores práticas do uso de API no e-commerce?

É possível destacar 3 principais frentes em que os APIs agem. Veja:

Captação

Essa frente tem o intuito de levantar informações sobre o público. Cabe ao e-commerce identificar o grupo-alvo adequado e aperfeiçoar suas estratégias a partir dos dados levantados.

Relacionamento

Aqui, o objetivo é entender os hábitos do cliente a fim de promover ofertas, enviar e-mails personalizados e criar uma estratégia de comunicação efetiva, independentemente dos canais de divulgação.

Pós-venda

Finalizar a compra não é o estágio final, uma vez que é importante nutrir os consumidores com informações relacionadas às suas compras, acessórios que a complementam, entre outras informações úteis aele.

Agora, vamos às práticas mais interessantes para o comércio eletrônico:

Automação de marketing

Uma das principais possibilidade é a automação de tarefas, como segmentação de leads. O próprio API realiza essas e outras automações, o que representa um ganho de tempo e facilitação das conversões.

Informação de produtos

Um grande benefício dos APIs é a possibilidade de conectar a loja a uma base de dados com informações a respeito do seu portfólio de maneira detalhada.

Essa alternativa dispensa a necessidade de descrever os produtos manualmente e ainda oferece imagens vindas diretamente do fabricante, além de informações mais precisas e específicas.

Logística

O API empregado na logística facilita o controle, as práticas de separação e preparo de mercadorias, o acompanhamento das entregas e outros fatores.

Ainda é possível fazer a integração com os sistemas das transportadoras para o rastreio de pedidos informando os clientes de forma automatizada o status da encomenda.

Antifraude

APIs antifraude se tornaram bastante úteis para evitar perdas para o e-commerce. Trata-se de uma funcionalidade extremamente eficaz e que tem como principal vantagem a possibilidade de se atualizar frente as novas tendências de segurança para o ambiente digital.

Esse API reconhece práticas fraudulentas que envolvam, por exemplo, cartões de crédito e transferências eletrônicas, evitando que o negócio seja afetado por pessoas de má índole.

Aprovação social

A função desse tipo de API é aumentar a confiança do consumidor e a relação que ele tem com seus produtos/ serviços. Trata-se de uma ferramenta capaz de compartilhar comentários do twitter e postagens do Facebook

Assim, a marca estreita a relação com os consumidores e estimula comentários e avaliações positivas. Entre as funcionalidades dos APIs de aprovação social estão:

  • afiliação;
  • personalização;
  • recomendação de conteúdo;
  • site de busca;
  • marketplaces.

Comparação de preços

APIs de comparação de preço conseguem identificar e disponibilizar os preços praticados pelos concorrentes com exatidão de dados, em tempo real e de forma automatizada.

A aplicação oferece relatórios comparativos entre os preços estabelecidos pelo negócio e pela concorrência, os gestores definem apenas a frequência dos relatórios e de quais produtos quer fazer a análise.

Como mencionado, a utilização de APIs de marketing reduzem o tempo de execução das tarefas, compreendendo maior exatidão a elas. Isso reduz o risco de erros e aumenta o grau de entendimento dos gestores frente ao público e mercado no qual estão inseridos.

Este conteúdo foi útil a você? Aproveite e assine nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail.