Grupo Bunzl Brasil cria e-commerce B2B com apoio da Wevo

O cenário de pandemia da covid-19 acelerou a digitalização dos negócios e colocou o e-commerce em evidência. Não apenas para os consumidores, mas também para empresas que atuam no modelo B2B.

É o caso do Grupo Bunzl Brasil, que lançou um canal digital de vendas com apoio da Wevo, especializada na integração de dados e sistemas.

A corporação, que disponibiliza equipamentos de proteção individual (EPI), possui um comércio eletrônico próprio para as empresas que revendem seus produtos.

Lançado em Outubro de 2020, atualmente o projeto já conta com mais de 300 vendedores cadastrados e cerca de 10 mil SKUs em seu estoque.

Para atender a essa demanda, o e-commerce precisava suprir quatro pilares fundamentais:

1) ser totalmente automatizado;
2) garantir navegação rápida;
3) apresentar segurança dos dados e;
4) ter disponibilidade em tempo integral, ou seja, funcionar em qualquer horário do dia ou da noite.

“Quando se implementa um processo digital de B2B, é necessário que todos os sistemas da empresa estejam em harmonia. É fundamental que esse canal de vendas disponibilize e receba informações atualizadas de diversas áreas, como logística, finanças, gestão, entre outras”, afirma Diogo Lupinari, CEO da Wevo.

A empresa teve papel preponderante no sucesso do projeto. Para evitar risco de queda dos servidores durante as transações, a Wevo e a Bunzl criaram uma camada intermediária de informações na nuvem por meio de banco de dados relacional.

Ou seja, os dados trafegavam dos sistemas do grupo à plataforma de e-commerce por meio dessa solução. 

Com a plataforma de integração da Wevo, todas as informações geradas nos sistemas da Bunzl, como estoque e controle financeiro, eram enviadas a esse banco de dados e, posteriormente, à plataforma de e-commerce Magento utilizada pelo grupo e implementada pela Trezo, uma das principais empresas da América Latina especialista na implantação da plataforma Magento Commerce .

O caminho inverso também acontecia: os pedidos eram enviados ao sistema rapidamente.

“Um dos principais desafios do e-commerce B2B é o conflito de canais, principalmente para empresas que já possuem um canal de distribuição muito forte e uma cadeia produtiva bem fomentada. É preciso tomar cuidado na estratégia digital para evitar um possível choque de canais.” Afirma Armando Leite, CEO e CTO da Trezo.

Assim, mesmo que os servidores da empresa porventura caíssem, o cliente conseguia concluir seu orçamento e os sistemas se atualizavam de forma rápida, eficiente, segura e transparente.

Desde seu lançamento, a plataforma jamais teve problema de disponibilidade que afetasse a rentabilidade do negócio.

“Qualquer ruído em uma negociação B2B digital cria mais resistência na própria organização e entre nossos clientes. Tudo precisa funcionar perfeitamente, senão toda a jornada se torna inútil e volta à estaca zero. Com a Wevo, conseguimos uma solução extremamente sólida e inteligente”, afirma Daniel Castello, gerente de soluções digitais da Bunzl.

No Brasil desde 2008, o Grupo Bunzl Plc. atua nos segmentos de EPI, higiene e limpeza, saúde e food service. Fundado em 1854 em Londres, no Reino Unido, destaca-se nas áreas de distribuição e logística e conta com operações na América, Europa, Ásia e Oceania.